por paulo eneas
Durante evento realizado semana passada na Universidade de Fortaleza, o cineasta Karim Aïnouz fez a defesa explícita do cometimento de crimes contra as pessoas que não aceitam e não concordam com a concepção de arte endossada pelo cineasta, concepção essa que inclui a apologia à pedofilia. Karim foi um dos expositores da amostra do MAM que incluiu uma performance na qual uma criança toca o corpo de um homem nu. 

Durante sua fala na universidade, Karim afirmou que será necessário pegar em armas contra as pessoas que não aceitam a apologia à pedofilia disfarçada de obra de arte e que usam dos meios legítimos e pacíficos de denúncia e boicote, bem como ações legais, para externar essa não aceitação. Em um dado momento de sua fala, Karim foi explícito, e incitou o público a cometer crimes e atos de violência: tem que transgredir e cometer crime.

Em seguida, o também cineasta Sergio Machado, que estava ao lado do incitador de crime,  expressou sua indignação e inconformidade por saber que o produto mais vendido nas praias de Fortaleza é uma camiseta com o nome de Jair Bolsonaro.

O delinquente que faz estas afirmações e incitamento ao crime e à violência é o mesmo tipo de delinquente que acusa de intolerantes e de fascistas a esmagadora maioria de brasileiros que não aceita de forma alguma que, sob pretexto de liberdade de criação artística, pratique-se crimes como ocorrido no MAM em São Paulo e na exposição QueerMuseu em Porto Alegre.

Exigimos que o  Ministério Público tome providências em relação ao incitamento de crime e de violência por parte de Karim Aïnouz. Os brasileiros de bem não irão aceitar de forma alguma que delinquentes que promovem crimes como apologia à pedofilia, vilipêndio de símbolos religiosos e exposição de crianças à pornografia, possam simplesmente defender os crimes que cometeram por meio do cometimento de outro crime: ameaça e incitação à violência contra as pessoas que não aceitam esse estado permanente de delinquência.

Nota:
O vídeo abaixo no qual Karim Aïnouz faz a defesa do cometimento de crimes encontra-se hospedado no servidor privado do Crítica Nacional e lá permanecerá. O vídeo e somente será removido se houver alguma ordem judicial nesse sentido.
 #CriticaNacional #TrueNews.


 

COMPARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Estamos precisando do vídeo que o Youtube removeu para “proteger” o marginal. Não temos como repostar, nem anexar a processos sem esse vídeo. Se puder disponibilizar em modo compartilhável, agradeceríamos.

  2. O desespero deles é enorme!

    Já esta ma que na hora, de a população de bem, se levantar contra esses bostas!

    E Bolsonaro 2018!

  3. Que absurdo! E para piorar ele ainda é aplaudido. Essa é uma prova inconteste de que a tal ditadura militar é uma mentira descarada: grupos que pegam nas armas em prol da perversão são revolucionários. Como naquela época o anti-comunismo causada pela bipolaridade capitalismo x comunismo era mais explícito o momento para a revolução foi inapropriada. Mas agora com as coisas mais tranquilas, com o capitalismo com a guarda abaixada, é viável aproveitar a oportunidade para “atacar” (literalmente segundo o cineasta). O politicamente correto se tornou uma ferramenta de argumento contra a moral.

  4. Os caras ameaçam até mesmo de matar pessoas em prol da pedofilia e ninguém(ministério público)faz nada… do jeito que estamos caminhando meu caro Paulo eu acho que algum dia eles farão algo contra as pessoas… vamos aguardar.

COMENTÁRIO: