A Venezuela viveu hoje um de seus dias mais sangrentos: as forças de repressão da ditadura narco-socialista disparam tiros contra manifestantes desarmados em várias cidades do país. Até o momento, tem-se a notícia de dois mortos, além dos inúmeros feridos e presos. No vídeo abaixo, o momento em que a manifestante Paola Ramirez, de 23 anos, foi assassinada a tiros pelos integrantes das milícias paramilitares chavistas que apoiam o regime de ditadura. Nessa quinta-feira o Crítica Nacional irá trazer uma cobertura completa dos principais eventos ocorridos hoje na Venezuela, que luta desesperadamente para pôr fim a um regime de ditadura socialista que literalmente destruiu o país.


COMPARTILHAR

Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here